Blog

Série Câncer Gástrico - Parte 1: Incidência, causas e fatores de risco

Olá! A partir de hoje, começarei uma série especial sobre o câncer gástrico. Neste post, falarei sobre a formação, causas e incidência do tumor no estômago. Confira!

O câncer de estômago é o terceiro tipo de maior incidência em homens e o quinto mais comum em mulheres. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a estimativa – biênio 2016-2017 – aponta a ocorrência de mais de 20 mil novos casos. Apesar de ser bastante comum, essa é uma patologia de desenvolvimento lento e pode demorar décadas para se formar.

Chamamos de câncer o crescimento desordenado de células de algum tecido do corpo com características anormais. No estômago acontece da mesma forma. A principal incidência dessa doença ocorre no revestimento que recobre o órgão.

As causas do câncer gástrico não estão totalmente estabelecidas. Porém, estudos comprovam que existe uma relação entre a presença da bactéria H. Pylori com o desenvolvimento do problema, além de questões genéticas importantes.

Outros fatores de risco para o desenvolvimento da neoplasia são:

- Consumo em excesso de alimentos defumados e em conserva;

- Histórico familiar de câncer no estômago;

- Má alimentação (dieta deficiente em frutas e legumes);

- Consumo excessivo de álcool;

- Fumar;

- Histórico de gastrite crônica ou úlceras graves.

Alguns estudos mostram que homens, com mais de 55 anos e sedentários são mais suscetíveis ao desenvolvimento do câncer de estômago. Caso tenha um ou mais fatores de risco, converse com o seu médico e previna-se.

No próximo post falarei sobre os sintomas e diagnóstico da doença. Até lá!


Confira mais sobre esse assunto no vídeo:
 

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Comentários